Anuncie Grátis

Blog

Venda de caminhões tem perspectiva de alta

Venda de caminhões tem perspectiva de alta

Sim, 2021 está apenas começando, no entanto, o setor de caminhões está se movimentando e afirma boas perspectivas para esse ano.

Essas análises foram feitas na Fenatran, uma das feiras mais relevantes no mundo no setor de transportes.

Que, apesar da dificuldade de definições mais sólidas devido a pandemia, espera que a economia reaqueça neste ano.

Sintetizando, opiniões como de Marco Antonio Saltini que é Vice-presidente da associação das montadoras para o segmento de pesados, os empecilhos de crescimento impostos pela pandemia são significativos.

Especialmente alguns setores do comércio e de alimentação ainda estão muito recessivos e isso não é muito diferente para o setor automotivo.

Além de tudo, há a retração na injeção de dinheiro por parte do governo, sem falar de outros problemas como o desemprego e a insegurança global.

O que se pode dizer de 2020 sobre venda de caminhões

Mesmo com um cenário catastrófico economicamente, 2020 fechou com vendas expressivas no quesito, caminhões de porte.

Esse segmento, entretanto, representou a metade do montante.

Um indício de que em 2021, a demanda por caminhões tende a se manter estável e em crescimento.

Entretanto, conforme Saltini, a possibilidade de redução ou falta de insumos para o feitio de caminhões pode impactar de forma negativa a produção.

Há de se considerar ainda, que o custo de muitos itens usados na produção de caminhões aumentaram de preço, portanto, haverá acréscimo no valor final do produto.

Enfim, mantendo o otimismo, é possível que a soma em vendas de caminhões chegue no mesmo patamar de 2019, ou seja, em torno de 100 mil unidades, ano em que a indústria e a economia de modo geral demonstrava que iria deslanchar.

Boas notícias para 2021 e 2022

Em meio ao caos de 2020, Roberto Cortes, CEO e Presidente da Volkswagen Caminhões e Ônibus, disse que a empresa pretende expandir seus investimentos já em 2021. Chegando a 2 bilhões de reais até 2025.

Esperamos ansiosos para que a venda de caminhões em 2021 alcance um bom patamar e que isso interfira positivamente na economia nacional.

Fonte: Portal de Notícias Estadão

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *