Anuncie Grátis

Blog

A tabela de fretes com reajustes de 4,54% a 5,90%

A tabela de fretes com reajustes de 4,54% a 5,90%

A tabela de fretes foi uma demanda atendida em decorrência da greve dos caminhoneiros em 2018. este ano, ela sofreu reajustes importantes devido as altas de combustível. Saiba mais neste texto!

E, como sabemos, os aumentos nos combustíveis foram sucessivos. Por isso, a tabela de fretes utilizada pelos caminhoneiros também precisou ser alterada.

Os novos valores, portanto, foram decididos pela ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres com publicação no Diário Oficial da União (DOU) em 21 de outubro.

Esse reajuste tem suporte na legislação, pois está escrito que sendo superior a 10% os reajustes no preço do óleo, o acréscimo é válido.

Conforme a ANTT, 4,54% foi o reajuste para a categoria transporte rodoviário de carga lotação.

Na sequência, estão as situações que envolvem somente veículos automotores de cargas, neste caso, com reajustes de 5,10%.

Além dessas duas tabelas, está o reajuste para o transporte rodoviário de carga lotação de alto desempenho, o qual sofreu reajuste médio de 5,36%, bem como os serviços onde há necessidade de somente um veículo automotor de cargas de alto desempenho, neste caso com alta de 5,90%.

A tabela de fretes nem sempre é cumprida

De fato, cumprir a tabela de fretes, seja no transporte de carga pesada ou em outros, é um desafio no Brasil.

Esses descumprimentos atingem os caminhoneiros, os quais se sentem inseguros e constantemente ameaçam novas paralisações.

Fonte: Portal de Notícias UOL Economia

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *